Crise econômica causada pelo coronavírus atinge instituições de caridade de Porto Alegre

Fundações como O Pão dos Pobres e Associações beneficentes pedem ajuda para continuar ajudando quem precisa durante a pandemia

A crise financeira que se instalou em função do coronavírus tem atingido diversos setores da economia. Uma das áreas que também tem sofrido com a escassez de recursos são as instituições de caridade. Esse problema tem resultado na diminuição de doações para manter crianças e jovens vítimas de violência que moram na instituição.

Na fundação O Pão dos Pobres, que fica  em Porto Alegre, adolescentes que haviam sido contratados como jovens aprendizes foram dispensados, pois tinha parceria com várias empresas que contribuiam com doações e hoje está cortando gastos. O jovem aprendiz,  proporciona cursos profissionalizantes com duração de um ano no qual as empresas pagam a alunos de 14 a 24 anos meio salário mínimo por mês.

Nessa parceria, a instituição fica encarregada das aulas, fornece atendimento e acompanhamento psicossocial e o material pedagógico. Depois, a empresa recebe o aluno para que ele viva a parte prática, além de pagar a ele meio salário mínimo. O problema é que, com a pandemia, muitas empresas têm deixado de contribuir. Dos 884 alunos de cursos profissionalizantes, 220 já tiveram os salários suspensos.

Devido à essa crise toda, as instituições estão precisando de doações como alimentos, produtos de higiene e limpeza e roupas.

Fonte: Diário Gaúcho

 

 

 

 

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
NewsCrise econômica causada pelo coronavírus atinge instituições de caridade de Porto Alegre