BREAKING NEWS

Violência nas redes sociais deve ser arquivada para processos futuros, diz ONG

Fonte: A_Referencia Conteúdos de ódio ou com forte violência não devem ser excluídos de forma permanente das redes sociais, mas sim arquivados para posterior investigação, defende a organização HRW (Human Rights Watch), m relatório publicado na quinta-feira (10). No...

HSBC lucrava com esquema criminoso internacional de mais de US$ 2 trilhões

Fonte: A_Referencia Em documentos vazados, ficou comprovado que HSBC oferecia serviços a cartéis de drogas e criminosos. A instituição financeira HSBC lucrou durante quase 20 anos com um esquema criminoso internacional que movimentou mais de US$ 2 trilhões. O...

Covid-19: Brasil ingressa em consórcio global para produzir vacina

Fonte: “Agencia_Brasil” O governo federal anunciou, nesta terça-feira (2), a participação do Brasil no projeto Acelerador de Vacina (ACT Accelerator), iniciativa internacional para produção de vacina, medicamentos e diagnósticos contra o novo coronavírus. O projeto...

Golpistas usam cadastro no PIX para roubar dados de consumidores

Fonte: G1 Clientes devem estar atentos e fazerem cadastro no sistema diretamente pelo site ou aplicativo da instituição financeira, em ambiente logado. Previsto para começar a operar em novembro, o Pix, sistema criado pelo Banco Central que vai permitir transações...

NOVO IMPOSTO atinge a classe média e empresários pagarão menos

Fonte: R7 Senadora, integrante da comissão mista para a reforma tributária, acha difícil a aprovação de imposto sobre pagamentos digitais como quer governo. A criação de um novo imposto sobre pagamentos digitais tem poucas chances de ser aprovada no Congresso por...

Bomba fiscal revela que a imagem de Trump é uma farsa

Fonte: CNN - análise de Stephen Collinson Foi o momento em que o fabulismo da "Arte do Negócio" de Donald Trump, fanfarronice do magnata bilionário e porta-estandarte populista para americanos esquecidos se revelou o que sempre pareceu: uma farsa. Uma impressionante...

Conselho do Meio Ambiente pode revogar nesta segunda proteção a manguezais e restingas

Fonte: El Pais/Reuters Atos defendidos pelo ministro Ricardo Salles privilegiam a instalação de hotéis no litoral brasileiro, em detrimento de 1,6 milhão de hectares de áreas de proteção permanente. Em uma articulação do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o...

Americanos sem seguro podem enfrentar quase US $ 75.000 em contas médicas se hospitalizados por coronavírus

Fonte: CNBC News Graças aos legisladores, os testes de coronavírus agora são gratuitos para todos os americanos. Mas se você tiver um teste positivo para COVID-19 e precisar de tratamento, as contas do hospital podem facilmente custar aos americanos dezenas de...

Por que os EUA foram a única potência ocidental a rejeitar o sistema de saúde universal após a 2ª Guerra Mundial?

Fonte: BBC News "Se um trabalhador tem um membro da família com câncer, ele pode ir à falência... como isso pode acontecer em um país tão rico? Entenda  o motivo História Americana sobre a Saúde  Em 1945, Harry Truman se tornou o primeiro presidente americano a...

Brasil/ Paraguai – CHEIRAR VINAGRE ESTÁ NO PROTOCOLO APRESENTADO PELO PARAGUAI PARA A REABERTURA DA PONTE DA AMIZADE

Fonte: ClickFoz Teste olfativo também faz parte do método usado pelo exército dos Estados Unido. Autoridades do Poder Executivo, juntamente com o governador de Alto Paraná e prefeitos locais, participaram nesta sexta-feira de uma reunião com o objetivo de fechar uma...

Ministro brasileiro do Meio Ambiente, Salles desafia DiCaprio sobre Amazônia: ‘Vai investir onde critica?’

Fonte: R7

Astro postou texto contra a atuação do governo brasileiro na preservação ambiental; e ministro sugeriu que ele ajude financeiramente.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, postou em seu Twitter uma provocação ao ator norte-americano Leonardo DiCaprio, dizendo para ele pôr seu dinheiro na Amazônia em vez de apenas criticar as políticas do governo brasileiro.

No dia 2 de setembro, DiCaprio compartilhou um texto da entidade APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), com críticas à atuação do presidente Jair Bolsonaro na preservação da Amazônia. Entre as tags usadas pelo ator estava #defundbolsonaro: em tradução livre, ‘retire o financiamento a Bolsonaro”.

Salles, quarta-feira (9), retrucou a provocação em um post escrito em inglês. Nele, sugeriu que DiCaprio ajude financeiramente a preservação em vez de apenas criticar.

Não é a primeira vez que DiCaprio é mencionado por integrantes do governo. Em novembro do ano passado, Bolsonaro afirmou que o astro seria responsável por financiar queimadas na Amazônia.

No dia 11 de setembro, em videoconferência, o presidente Bolsonaro se pronunciou a respeito das queimadas na Amazônia: a floresta amazônica permanece “intacta”, o que provaria que os países amazônicos são “perfeitamente capazes de cuidar desse patrimônio”. Ele contou que convidou embaixadores e representantes de outros países que defendem a proteção da Amazônia a sobrevoarem região entre Manaus e Boa Vista para constatar a afirmação. Apesar do aumento nas queimadas na atual gestão, o presidente reforçou que, por ser uma floresta úmida, a Amazônia “não pega fogo”.

Enquanto isso, na

Amazônia: incêndios se agravam e ameaçam florestas intocadas.

Os incêndios na Amazônia brasileira pioraram na primeira semana de setembro e estão se espalhando cada vez mais para áreas de floresta intocada, mostraram dados de satélite nesta quarta-feira (9), depois que o número de incêndios provavelmente atingiu a máxima de 10 anos em agosto.

O Brasil registrou 8.373 incêndios em sua parte da floresta amazônica nos primeiros sete dias de setembro, mais que o dobro do número de incêndios no mesmo período do ano anterior, de acordo com dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Uma preocupação urgente é que 27% dos maiores incêndios até agora em setembro foram em florestas intocadas, ao invés de áreas recentemente desmatadas ou terras agrícolas onde as chamas são mais contidas, de acordo com uma análise de imagens de satélite realizada pela Amazon Conservation, organização sem fins lucrativos com base nos Estados Unidos, à qual a Reuters teve acesso exclusivo.

O número é 13% maior que em agosto.

“É muito mais desse cenário de incêndio descontrolado que está sendo desencadeado”, disse Matt Finer, que lidera o projeto de rastreamento de incêndio da organização.

“Não temos ideia para onde vão esses incêndios, quando vão parar. E, à medida que a estação seca se intensifica, só vão piorar.”

Considerando todos os tipos de incêndios, setembro já teve uma média de 53 grandes queimadas por dia na primeira semana, contra 18 por dia em agosto, de acordo com a Amazon Conservation.

A instituição define grandes incêndios como aqueles que emitem fumaça suficiente para indicar que uma grande quantidade de biomassa está queimando, enquanto os dados do Inpe são baseados em pontos de calor, que também detectam incêndios menores.

O número do Inpe, que mostra que os incêndios dobraram, pode estar subestimado porque um problema com um satélite da Nasa fez com que dados parciais fossem informados até 2 de setembro, embora a questão tenha sido resolvida nos dias subsequentes, de acordo com a Nasa e o Inpe.

Os dados revisados do Inpe devem mostrar que os incêndios atingiram a máxima de 10 anos em agosto, um índice ainda pior do que no mesmo mês do ano passado, quando os incêndios na Amazônia provocaram protestos globais.

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
News Ministro brasileiro do Meio Ambiente, Salles desafia DiCaprio sobre Amazônia: ‘Vai investir onde critica?’