BREAKING NEWS

Violência nas redes sociais deve ser arquivada para processos futuros, diz ONG

Fonte: A_Referencia Conteúdos de ódio ou com forte violência não devem ser excluídos de forma permanente das redes sociais, mas sim arquivados para posterior investigação, defende a organização HRW (Human Rights Watch), m relatório publicado na quinta-feira (10). No...

HSBC lucrava com esquema criminoso internacional de mais de US$ 2 trilhões

Fonte: A_Referencia Em documentos vazados, ficou comprovado que HSBC oferecia serviços a cartéis de drogas e criminosos. A instituição financeira HSBC lucrou durante quase 20 anos com um esquema criminoso internacional que movimentou mais de US$ 2 trilhões. O...

Covid-19: Brasil ingressa em consórcio global para produzir vacina

Fonte: “Agencia_Brasil” O governo federal anunciou, nesta terça-feira (2), a participação do Brasil no projeto Acelerador de Vacina (ACT Accelerator), iniciativa internacional para produção de vacina, medicamentos e diagnósticos contra o novo coronavírus. O projeto...

Golpistas usam cadastro no PIX para roubar dados de consumidores

Fonte: G1 Clientes devem estar atentos e fazerem cadastro no sistema diretamente pelo site ou aplicativo da instituição financeira, em ambiente logado. Previsto para começar a operar em novembro, o Pix, sistema criado pelo Banco Central que vai permitir transações...

NOVO IMPOSTO atinge a classe média e empresários pagarão menos

Fonte: R7 Senadora, integrante da comissão mista para a reforma tributária, acha difícil a aprovação de imposto sobre pagamentos digitais como quer governo. A criação de um novo imposto sobre pagamentos digitais tem poucas chances de ser aprovada no Congresso por...

Bomba fiscal revela que a imagem de Trump é uma farsa

Fonte: CNN - análise de Stephen Collinson Foi o momento em que o fabulismo da "Arte do Negócio" de Donald Trump, fanfarronice do magnata bilionário e porta-estandarte populista para americanos esquecidos se revelou o que sempre pareceu: uma farsa. Uma impressionante...

Conselho do Meio Ambiente pode revogar nesta segunda proteção a manguezais e restingas

Fonte: El Pais/Reuters Atos defendidos pelo ministro Ricardo Salles privilegiam a instalação de hotéis no litoral brasileiro, em detrimento de 1,6 milhão de hectares de áreas de proteção permanente. Em uma articulação do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o...

Americanos sem seguro podem enfrentar quase US $ 75.000 em contas médicas se hospitalizados por coronavírus

Fonte: CNBC News Graças aos legisladores, os testes de coronavírus agora são gratuitos para todos os americanos. Mas se você tiver um teste positivo para COVID-19 e precisar de tratamento, as contas do hospital podem facilmente custar aos americanos dezenas de...

Por que os EUA foram a única potência ocidental a rejeitar o sistema de saúde universal após a 2ª Guerra Mundial?

Fonte: BBC News "Se um trabalhador tem um membro da família com câncer, ele pode ir à falência... como isso pode acontecer em um país tão rico? Entenda  o motivo História Americana sobre a Saúde  Em 1945, Harry Truman se tornou o primeiro presidente americano a...

Brasil/ Paraguai – CHEIRAR VINAGRE ESTÁ NO PROTOCOLO APRESENTADO PELO PARAGUAI PARA A REABERTURA DA PONTE DA AMIZADE

Fonte: ClickFoz Teste olfativo também faz parte do método usado pelo exército dos Estados Unido. Autoridades do Poder Executivo, juntamente com o governador de Alto Paraná e prefeitos locais, participaram nesta sexta-feira de uma reunião com o objetivo de fechar uma...

Incêndios levam Mato Grosso do Sul a decretar situação de emergência

Fonte: R7 / “AGÊNCIA BRASIL”/ Fotos Globo-Fantástico

A foto da manchete mostra a para de uma onça com queimadura de terceiro grau, que foi resgata por voluntários  de uma ONG de preservação da fauna silvestre, sem nenhuma assistência governamental. No Brasil não existe nenhum centro de recuperação da vida Silvestre.

Foi piblicada em edição extra do Diário Oficial do Estado, ação permite que o governo utilize todos os órgãos públicos para combater o fogo.

Fogo destruiu 1,4 milhão de hectares de vegetação

O agravamento dos incêndios que, desde o início do ano, destruíram cerca de 1,4 milhão de hectares de vegetação no Mato Grosso do Sul, motivaram o governo estadual a decretar situação de emergência ambiental em todo o território sul-mato-grossense.

O governador Reinaldo Azambuja assinou o decreto na manhã desta segunda-feira (14), ao se reunir com o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, que desde ontem (13) está em Campo Grande. De acordo com Alves, o reconhecimento federal do decreto será feito ainda hoje, o que permitirá a aprovação de planos de trabalho e a liberação de recursos financeiros. “Vamos dar ao Mato Grosso do Sul todo o apoio e recursos necessários para vencermos este desafio”, disse Alves.

Publicado em edição extra do Diário Oficial estadual, o documento tem validade de 90 dias e permite que o governo estadual empregue todos os órgãos públicos estaduais nas ações de combate ao fogo, dispensando-os de realizar licitações para contratar bens e serviços necessários, como o aluguel de aeronaves e carros-pipa, e a compra de equipamentos para os brigadistas, além da realização de obras de reconstrução que possam ser concluídas em até 90 dias.

O documento também autoriza que voluntários reforcem as ações do Estado em qualquer tipo de vegetação, em áreas legalmente protegidas ou não, e também naquelas onde a fumaça, a fuligem e outros efeitos dos incêndios provoquem a queda da qualidade do ar.

Conforme previsto na Constituição Federal, o decreto autoriza os agentes da defesa civil e outras autoridades administrativas diretamente responsáveis pelo enfrentamento às chamas a, em caso de risco iminente, entrarem em domicílios residenciais para prestar socorro ou para determinar a evacuação do imóvel. Caso necessário, os agentes públicos também poderão reclamar o uso de propriedade particular para desenvolver suas ações.

Todos os 79 municípios sul-mato-grossense estão sendo afetados pela grave estiagem que castiga a região central do país, fazendo com que o fogo se alastre também pelo Mato Grosso e Tocantins. Segundo o governo do Mato Grosso do Sul, “fatores antrópicos”, como as queimadas provocadas pela ação do homem, “têm provocado incêndios florestais e urbanos em grande parte do território estadual”, atingindo áreas do Pantanal, do Cerrado e de Mata Atlântica.  “Já há uma equipe de inteligência trabalhando conjuntamente nestes focos criminosos. Infelizmente, pessoas inconsequentes ateiam fogo e causam um prejuízo imensurável ao meio ambiente, aos animais e às pessoas”.

animais foge das queimadas ( fonte: Globo)

Ontem, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, reforçou a oferta de ajuda federal aos governo do Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso, lembrando que, desde o último dia 2, a União vem liberando recursos para o combate aos incêndios, principalmente no Pantanal. “A orientação é não faltar meios para debelar o fogo que ameaça o Pantanal”, escreveu o ministro em uma rede social.

Brigadistas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), assim como militares das Forças Armadas, estão há meses atuando na região. De acordo com o Ministério da Defesa, só os 200 militares deslocados para a área estão empregando 14 aeronaves, 40 viaturas e duas embarcações para tentar controlar a situação.

“O Pantanal vive um momento difícil”, reconhece o Ministério da Defesa, em nota. “Neste momento, é fundamental o esforço integrado de todas as instituições, inclusive voluntários e moradores, para a superação desse desafio.”

Diversos animais mortos foram encontrados. o Pantanal virou um cemitério de animais.( Foto da Globo )

Apes assina decreto de situação emergencial, o governador do Mato Grosso do Sul também comentou a importância da integração de esforços. “A atuação conjunta das defesas civis nacional e estadual envolve uma série de ações. Os planos de trabalho vão nortear a questão financeira, de contratação de brigadistas, aeronaves, custear equipes de outros estados que virão nos ajudar”, disse Azambuja, confirmando que estados como Paraná e Santa Catarina já ofereceram enviar bombeiros para auxiliar.

“Vamos trabalhar conjuntamente, em todas as regiões. No Pantanal, lógico, com algumas ações mais ostensivas. Até porque, estamos enfrentando, nesta região, a maior seca dos últimos 47 anos”, acrescentou o governador.

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Clima Incêndios levam Mato Grosso do Sul a decretar situação de emergência