O país que virou ‘lixão’ de roupas de má qualidade dos países ricos

Todas as semanas, mais de 15 milhões de peças de roupas usadas chegam a Gana, na África Ocidental, onde são disputadas por revendedores.

Grande parte é de doações vindas da Europa, China e dos Estados Unidos.

Mas hoje, muito do que chega nos lotes do exterior são peças de baixa qualidade ou danificadas, herdadas do mercado da “fast fashion” – marcado por roupas mais baratas e pouco duráveis.

Poucas pessoas querem comprar esses produtos, fazendo com que fiquem encalhados e acabem sendo descartados em aterros, que já estão sobrecarregados.

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
ComportamentoO país que virou ‘lixão’ de roupas de má qualidade dos países ricos