As plantas brasileiras quase extintas que movem mercado milionário no Instagram

O crescente interesse pelo cultivo de plantas ornamentais dentro de casa produziu uma situação paradoxal: hoje é mais fácil encontrar algumas espécies brasileiras no Instagram do que em seus ambientes naturais.

Plantas que foram quase extintas de seus habitats por causa da extração predatória e do contrabando abundam em posts de colecionadores e vendedores, que as oferecem por valores que chegam à casa dos R$ 150 mil.

Nenhuma espécie expõe melhor o fenômeno do que uma trepadeira nativa de uma pequena região serrana do Espírito Santo batizada com o nome do Estado, a Philodendron spiritus sancti.

Quando a espécie é pesquisada no Instagram, surgem mais de 4 mil resultados – a ampla maioria de colecionadores que as exibem nos chamados “urban jungles”, os jardins cultivados dentro de casa que se tornaram uma febre global durante a pandemia.

Lista Vermelha

Philodendron spiritus sancti está na na Lista Vermelha do Centro Nacional de Conservação da Flora, principal instituição brasileira a monitorar as espécies de plantas ameaçadas. Pertence à categoria “em perigo”, que se aplica às espécies sob “risco muito elevado de extinção na natureza”.

Essa é a penúltima categoria no grau de ameaça, só abaixo das espécies “criticamente em perigo”.

A trepadeira capixaba é uma das espécies mais visadas por contrabandistas. Em abril, a Polícia Federal prendeu um homem que tentava embarcar no aeroporto de Rio Branco com 28 mudas da espécie.

Segundo a polícia, ele pretendia levar as plantas para a Bolívia, de onde seriam vendidas para outros países.

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
NewsAs plantas brasileiras quase extintas que movem mercado milionário no Instagram