Mortes por covid nos EUA chegam a 800 mil e 50 milhões de casos

Na terça-feira (14), os Estados Unidos chegaram à triste marca de 800 mil mortes pelo coronavírus, de acordo com a Johns Hopkins University. O número de casos passa de 50 milhões.

O presidente Joe Biden comentou o assunto. “Hoje atingimos uma triste marca e meu coração está com as famílias que perderam seus entes queridos, que não estarão à mesa para o Natal”, disse o presidente. Biden destacou o trabalho feito nos últimos 11 meses para conter o avanço da pandemia. “Peço aos americanos que cumpram seu dever como cidadãos, que se vacinem e proteja a si mesmo e aqueles ao seu redor para honrar a memória de tantas vidas perdidas”.

Os EUA têm o maior número de mortes por Covid-19 no mundo, seguido por Brasil e Índia, segundo a contagem da universidade.

“Essa será uma tragédia que vai marcar nossa geração. O número de mortes é alarmante e todos nós conhecemos alguém que morreu em consequência da covid”, disse o infectologista David Dowdy.

Entre os americanos que morreram de covid-19, o grupo mais atingido é o de idosos. Segundo o jornal “New York Times”, 75% dos mortos pela doença no país têm 65 anos ou mais.

Entre os americanos com 65 anos ou mais, o índice de mortos é de um para cada 100 pessoas. Em 33 estados dos EUA o número de mortes aumentou nas últimas duas

semanas, de acordo com a rede NBC.

No País, 71,84% da população recebeu pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus.

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Sem categoriaMortes por covid nos EUA chegam a 800 mil e 50 milhões de casos