CDC alerta para surto de doença meningocócica na Flórida e incentiva vacinação

Os Centers for Disease Control and Prevention (CDC) emitiram um alerta no sábado (9) sobre um surto de doença meningocócica na Flórida. Segundo a agência, os diagnósticos relatados no estado de janeiro até agora superam a média para o mesmo período dos últimos cinco anos. A enfermidade é causada pela bactéria Neisseria meningitidis transmitida através de contato pessoal envolvendo saliva, gotículas expelidas pelo nariz ou garganta ao tossir, falar ou espirrar, e por meio de relação sexual. O comunicado dos CDC destacou que a maioria das infecções relatadas atinge homens adultos homossexuais ou bissexuais, incluindo portadores de HIV. O Florida Department of Health disse que está monitorando todos os contaminados e entrando em contato com as pessoas que estiveram próximas a eles nos últimos dias.

A Neisseria meningitidis causa meningite, doença grave que provoca a inflamação da medula espinhal e da membrana que reveste o cérebro, além de infecção na corrente sanguínea. Os índices de mortalidade de pacientes em todos os casos é alto. Os sintomas mais comuns são fraqueza, febre, dor de cabeça forte e vômito. Os CDC estão incentivando que homens portadores de HIV recebam a vacina MenACWY que pode ser encontrada em hospitais do estado. O órgão também destacou o imunizante MenB, que pode ser ministrado em jovens adultos homo ou heterossexuais de todo o país. O comunicado completo dos Centers for Disease Control pode ser acessado aqui.

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
NewsCDC alerta para surto de doença meningocócica na Flórida e incentiva vacinação