PRESA MULHER QUE FRAUDAVA CARTEIRAS DE MOTORISTAS E ID PARA MAIS DE 100 PESSOAS NA FL

As autoridades policiais da Flórida prenderam uma mulher que, segundo eles, ajudou mais de 100 pessoas a adquirir carteiras de motorista e carteiras de identidade falsas.

Afsaneh Baghai-Amri, 56, foi presa por 175 acusações de atos ilegais relacionados à emissão de cartões DL/ID. Ela ajudou pessoalmente a fornecer os documentos usando endereços e exames de certificação falsos principalmente para imigrantes afegãos que precisavam da documentação para trabalhar na Flórida.

A acusada trabalhou como funcionária terceirizada que serviu como intérprete no escritório do coletor de impostos do condado de Duval, de acordo com a WJXT-TV.

Segundo a denúncia, ela teria ajudado pessoalmente a fornecer as licenças fraudulentas usando endereços falsos e exames de certificação. A maioria dos endereços residenciais nos cartões falsos era seu endereço residencial, e não o endereço do indivíduo que recebeu a identidade.

O escritório do xerife de Jacksonville não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Fox News Digital

De acordo com o Estatuto da Flórida 831.01, o crime de Falsificação (Forgery) é cometido quando uma pessoa falsifica ou altera um documento que tenha “eficácia legal” com a intenção de ferir ou fraudar outra pessoa ou entidade.

O crime de falsificação é um crime de terceiro grau na Flórida e é punível com até cinco (5) anos de prisão, cinco (5) anos de liberdade condicional e uma multa de $ 5.000.

Já para quem usa carteira de motorista falsa ou carteira de identidade estadual não produzida legalmente pela agência governamental apropriada é um crime de terceiro grau e acarreta penas máximas de até cinco anos de prisão e multa de US $ 5.000.

 

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
NewsPRESA MULHER QUE FRAUDAVA CARTEIRAS DE MOTORISTAS E ID PARA MAIS DE 100 PESSOAS NA FL