Tiro acidental mata brasileiro que comemorava aniversário em North Carolina

O brasileiro Fernando Caetano comemorava na casa de um amigo em Charlotte, North Carolina, o aniversário de 30 anos completados no sábado (24), quando uma tragédia envolvendo uma arma de fogo interrompeu sua vida. Segundo testemunhas, duas pessoas iniciaram uma discussão do lado de fora da casa durante a madrugada e um deles teria sacado um revólver. Fernando foi ver o que estava acontecendo e tentou desarmar o homem, mas a pistola estava engatilhada e disparou acidentalmente atingindo o brasileiro no abdômen. Ele morreu na hora.

Não está claro se a vítima conhecia o atirador.  A polícia foi acionada, mas quando os agentes chegaram o responsável pelo disparo e a outra pessoa envolvida diretamente na confusão haviam fugido. Até o momento não há registros de prisão neste caso.

Fernando era mineiro de Carmo da Paranaíba e morava nos EUA há três anos onde trabalhava com instalação de pisos de madeira. Pelas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte do jovem.

“Foi facílimo ter você como se fosse um filho, um irmão dos meus filhos. Agora que me chega a notícia desta tragédia, desta vez com você, meu coração se despedaça de tristeza. Não sei os desígnios de Deus , talvez ele achou melhor te levar para estar com seus pais e seus avós lá no céu onde não existe nem dores nem dúvidas”, postou João B. Resend no Facebook.

“Sua partida tão inesperada deixou a todos com um sentimento de vazio no peito! Você sempre foi um menino contagiante com sua alegria e vontade de viver. Jamais o esqueceremos”, comentou outra usuária.

Fernando Caetano era solteiro e tinha uma filha criança no Brasil. Uma campanha foi criada no site de arrecadações GoFundMe para levantar fundos e levar o corpo para Minas Gerais.

Para fazer um contribuição clique aqui.

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
NewsTiro acidental mata brasileiro que comemorava aniversário em North Carolina