Personagem da Vila Sésamo é acusado de racismo por ignorar crianças negras em parque da Filadélfia

O vídeo de duas meninas negras sendo sendo ignoradas pela personagem Rosita durante um desfile no Sesame Place Park, na Filadélfia, viralizou nas redes sociais e acabou em um pedido de desculpas pela administração do local. As imagens foram gravadas pela mãe das meninas no domingo (17).

Pelo Instagram, a mulher identificada como Jeezy relatou o que ocorreu: “ Estávamos saindo do Sesame Place e as crianças queriam parar para ver os personagens. Esta pessoa nojenta disse descaradamente aos nossos filhos que ‘não’, então começou a abraçar a garotinha branca ao nosso lado! Aí quando eu fui reclamar, eles me olharam como se eu fosse louca. Perguntei à senhora quem era o personagem e queria ver uma supervisora, e ela me disse que não sabia! Eu nunca mais vou pisar no @sesameplace!”, escreveu a mãe. Vídeo abaixo.

https://twitter.com/BLKLiberation84/status/1548863182462124032

Em um primeiro momento, o parque informou que as fantasias dificultam a visão e que alguns pedidos de abraços não são vistos.  De acordo com o local, o indivíduo caracterizado pela personagem Rosita disse que o ‘não’ que aparece no vídeo não foi direcionado a nenhuma pessoa específica, mas foi uma resposta a pedidos de alguém na multidão que a pediu para segurar seu filho para uma foto, o que não é permitido”.

Entretanto, após a cena viralizar e outros vídeos da mesma personagem ignorando outras crianças negras virem à tona, o Sesame Place emitiu um novo comunicado se desculpando publicamente e se comprometendo a treinar seus funcionários para que eles compreendam, reconheçam e entreguem um espaço inclusivo, equitativo e divertido par

seus visitantes. Usuários das redes sociais iniciaram uma campanha e levantaram a hashtag #boycottsesame .

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
NewsPersonagem da Vila Sésamo é acusado de racismo por ignorar crianças negras em parque da Filadélfia