7 Benefícios das fibras alimentares para o nosso organismo

As fibras são constituintes naturais encontradas nos vegetais como cereais, frutas e leguminosas. Compreende as partes comestíveis dos vegetais que o nosso intestino delgado é incapaz de digerir e absorver. Os benefícios das fibras para a saúde são grandiosos. Confira abaixo alguns desses benefícios.

Regulação do intestino: tanto as fibras solúveis quanto as insolúveis possuem importante papel na atividade intestinal. A primeira capta água e provoca reações de fermentação, estimulando o crescimento de bactérias benéficas, que melhoram o funcionamento do órgão e garantem a frequência de evacuações. A segunda se liga à água e aumenta o bolo fecal, o que facilita a sua eliminação e, consequentemente, previne a constipação.

Controle da diabetes: as fibras retardam a velocidade da digestão de carboidratos, tornando a absorção da glicose mais lenta pelo sangue e, com isso, reduz os picos de insulina. Ao entrar em contato com a água, as fibras também formam uma proteção em torno da comida e dificultam a absorção do açúcar, descartando-o no processo de digestão.

Eliminação dos metais tóxicos do organismo: uma alimentação com fibras evita que, a longo prazo, metais indesejados se acumulem no organismo e tragam danos à saúde.

Saciedade: em contato com a água do estômago, as fibras solúveis se transformam em um gel que ajuda quem quer emagrecer a garantir saciedade e, por conseguinte, a evitar os exageros durante a refeição. Elas também tornam a digestão mais lenta, uma vez que mantêm a fome controlada por mais tempo.

Sistema Imunológico: o intestino é o responsável por produzir anticorpos, que protegem o corpo de infecções. As fibras alimentam as bactérias benéficas que vivem nesse órgão, as quais são responsáveis pelo equilíbrio da flora intestinal e, consequentemente, pelo aumento da defesa do organismo.

Diminuição do colesterol: as fibras formam uma espécie de gel que captura parte da gordura dos alimentos e altera a absorção do mau colesterol (LDL). Além disso, a fermentação das fibras no intestino produz componentes como ácidos graxos de cadeia curta, que reduzem a síntese de colesterol no fígado. Já as fibras insolúveis se ligam aos sais biliares e também contribuem para a redução da absorção de parte de gorduras e do colesterol.

Prevenção do câncer de cólon: os ácidos graxos de cadeia curta, produzidos durante a fermentação da fibra pelas bactérias intestinais, são uma grande fonte de energia para as células do cólon. Eles podem inibir o crescimento e a proliferação de células cancerígenas em nível intestinal. Além disso, ao melhorar a função intestinal, a fibra alimentar pode reduzir o risco de doenças, tais como a doença diverticular e hemorroidas.

 

Fontes: https://www.tjsc.jus.br/web/servidor/dicas-de-saude/-/asset_publisher/0rjJEBzj2Oes/content/os-10-beneficios-das-fibras-alimentares?inheritRedirect=false#:~:text=Regula%C3%A7%C3%A3o%20do%20intestino%3A%20tanto%20as,garantem%20a%20frequ%C3%AAncia%20de%20evacua%C3%A7%C3%B5es.

O que achou?

comentários

Anterior

Próxima

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
News7 Benefícios das fibras alimentares para o nosso organismo