Americana é detida no aeroporto de Belém com carga milionária de eletrônicos dos EUA

O raio-x confirmou o transporte irregular dos produtos eletrônicos, importados sem o pagamento de impostos e controle da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

Na manhã de segunda-feira (5) uma americana e dois homens foram presos no Aeroporto Internacional de Belém, no Pará, em posse de uma grande quantidade de produtos eletrônicos de última geração dos Estados Unidos. A carga, avaliada em R$ 3 milhões, foi interceptada pela Polícia Federal. A abordagem ocorreu por volta das 5 da manhã, quando a Polícia Federal interceptou a passageira norte-americana que desembarcava de um voo proveniente de Fort Lauderdale, na Flórida.

O raio-x confirmou o transporte irregular dos produtos eletrônicos, importados sem o pagamento de impostos e controle da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para serem comercializados legalmente. “Dentro de quatro malas havia dezenas de eletrônicos. Apenas aparelhos telefônicos apreendidos, estima-se um montante aproximado de R$ 1 milhão. Também havia computadores, relógios, fones de ouvido, canetas, dezenas de telefones recondicionados de gerações anteriores e mais de 20 relógios de luxo”, disse em comunicado a Polícia Federal. Além dos eletrônicos, uma caminhonete no valor de R$ 300 mil, destinada ao transporte da carga para fora do aeroporto, foi apreendida no estacionamento do terminal.

Além da americana, que não teve sua identidade revelada, a investigação identificou também dois homens que aguardavam a mulher no estacionamento. A PF acredita que os produtos seriam transportados e comercializados no Piauí. Todos os envolvidos foram presos e encaminhados, junto com a carga e o veículo, à Superintendência da Polícia Federal no Pará. O grupo será enquadrado no crime de contrabando, com agravante de pena por utilização do modal aéreo para a prática ilícita.

O que achou?

comentários

Share This