Mansão mais cara dos EUA é posta à venda na Flórida por $295 milhões

Uma das propriedades residenciais mais exclusivas dos Estados Unidos está disponível para compra. Localizada em uma península no bairro de Port Royal, na cidade de Naples, esta mansão de proporções grandiosas está à venda por um valor impressionante de $295 milhões, equivalente a cerca de R$ 1,5 bilhão, segundo informações do jornal Wall Street Journal. O empreendimento é o mais caro listado no mercado imobiliário americano. Dawn McKenna, da Coldwell Banker Realty, que está à frente da listagem, se o imóvel for vendido perto desse valor, será a propriedade residencial mais cara já vendida no país.

Conhecida como Gordon Pointe, a mansão foi construída ao longo de décadas pela família do magnata das finanças John Donahue, fundador da Federated Investors. Donahue adquiriu o terreno em 1985 por apenas US$ 1 milhão e ao longo dos anos ergueu três mansões para atender às necessidades de sua extensa família. A residência principal, com seis quartos e uma piscina coberta, é apenas uma parte do conjunto. Dois imóveis menores foram construídos posteriormente, entre 1990 e 2013, em uma área que abrange cerca de 500 metros de praia e um deck para iate. A propriedade já recebeu visitantes ilustres, como o casal presidencial George H.W. e Barbara Bush.

Embora a mansão em Naples seja um destaque, ela representa apenas uma parte do vasto patrimônio deixado por Donahue. Sua família possui um total de 243 mil metros quadrados na área, dos quais apenas 36,4 mil metros quadrados estão à venda.

Atualmente, o título de casa mais cara dos Estados Unidos pertence a uma cobertura em Manhattan, Nova York, adquirida pelo magnata Ken Griffin por US$ 238 milhões, de acordo com o portal O Globo.

O que achou?

comentários

Share This